5 dados impactantes do design biofílico na indústria hoteleira

O foco da indústria hoteleira tem mudado a experiência que era vivida apenas nos quartos, para trazer a sensação de bem-estar nos espaços compartilhados. Isso faz sentido para a Interface, porque o design de pisos biofílico ganhou importância ao oferecer uma experiência criativa, inovadora e socialmente conectada.

Com esta tendência em mente, começamos a perguntar como a biofilia pode servir como ferramenta para criar ou melhorar a experiência dos hóspedes. Você ficará surpreso ao conhecer os seguintes dados:

1. Conexão não visual

Quando os hóspedes estão imersos no design biofílico descrevem o hotel como “um lugar cheio de cheiro de madeira e natureza”, referindo-se a uma conexão multissensorial.

2. Diferentes perspectivas, uma mesma imagem

Um espaço visto pela mesma pessoa em diferentes momentos do dia ou em diferentes contextos costuma ser interpretado de forma diferente.

3. Expectativas superadas

Ao perguntar sobre a sua estadia, os hóspedes convencionais do hotel mencionam ter passado um bom momento, mas sem terem superado suas expectativas. Enquanto que os comentários de um hotel com design biofílico destacam a importância da manutenção do hotel, relacionando a natureza ao design do espaço.

A ênfase no design é um fator diferencial entre hotéis biofílicos e os convencionais, sugerindo que os hóspedes vivam uma experiência que vai além de suas expectativas de um quarto limpo e uma cama confortável.

4. Experiência personalizada

Em alguns casos, as intervenções biofílicas também oferecem oportunidades para criar experiências personalizadas. Se um hotel oferece uma variedade de tipos de vistas, incluindo vistas para a natureza, contribui para o fortalecimento da fidelidade do hóspede.

Outro exemplo de experiência personalizada é o que surgiu durante um relatório do CitizenM em Nova York, onde um convidado fez referência à harmonia da iluminação de seu quarto. Esta iluminação ajustável é outra oportunidade para criar uma experiência personalizada para os programas de fidelidade, garantindo que a intensidade da luz do quarto seja ajustada pelo hóspede.Por outro lado, algumas qualidades biofílicas que contribuem para a identidade de um espaço, também demonstram ter impacto no comportamento dos hóspedes. Por exemplo:

  • A taxa de ocupação dos halls com elementos biofílicos é 36% maior do que nos lobbies convencionais.
  • Enquanto os sites de ambos os tipos de hotéis comentam “experiência” a mesma quantidade de vezes, os comentários dos hóspedes dos hotéis com design biofílico mencionam “experiência” duas vezes mais.
  • As pessoas estão dispostas a pagar por um quarto com vista para a água com uma taxa de até 11% -18% maior do que os quartos regulares e até 12% para os quartos com vista para monumentos famosos ou para a natureza.

5. Fora estresse

Para os clientes que não fazem parte do programa de fidelidade de um hotel, criar uma experiência personalizada é muito mais difícil. Para esses hóspedes, a aplicação de design biofílico pode ajudar a criar uma experiência memorável ao fazer a diferença desde a sua chegada ao hotel.As viagens podem levar ao estresse, seja devido a processos de segurança do aeroporto, um atraso ou uma viagem com crianças. Para contrariar isso, demonstrou-se que certos padrões biofílicos diminuem o estresse e melhoram o humor.

 

A biofilia se integra aos hotéis com o objetivo de contribuir com o positivismo, com a energia e com a limpeza da mente. Vários estudos mostraram que precisamos ter acesso direto à natureza para aliviar o sentimento de estresse e recuperar a fadiga mental.

 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Apresentando o Novo Escritório com Estilo Residencial

20 Abril, 2018

O design do escritório evoluiu rapidamente nas últimas décadas. Primeiro, eram escritórios particulares. Depois, vieram os cubículos, que levaram a estações de trabalho pequenas e individualizadas. A entrada da geração do milênio no mercado de trabalho – sufocada pela falta de espaço pessoal e pelo desejo de colaborar – provocou um movimento no design de…

Elementos naturais em escritórios aumentam a produtividade

3 Maio, 2017

Os resultados de uma pesquisa, realizada a 7.600 empregados em 16 países, encabeçada por Sir Cary Cooper, professor de Psicologia das Organizações e da Saúde da Universidade de Lancaster e cofundador da Robertson-Cooper, reforçam a defesa da biofilia no local de trabalho. De acordo com a pesquisa, os locais de trabalho que incorporam elementos naturais…