De volta ao futuro escritório

A evolução costuma acontecer gradativamente. É um processo de desenvolvimento de aprendizagem e adaptação ao longo do tempo. Às vezes é inesperado, desencadeado por eventos imprevisíveis e que exigem uma mudança imediata.

COVID -19 é uma grande mudança, impondo a adaptação a todos nós, tanto pessoal quanto profissional. Eventualmente, muitas coisas podem retornar à normalidade de costume, mas alguns fatores desencadearão mudanças permanentes.

À medida em que os países começam a dar passos temporários como alternativa ao isolamento social, consideramos 10 possíveis implicações para a vida no escritório. Muito cedo para serem descritas como previsões, são mais como insights para refletirmos.

  1. O distanciamento social está aqui por um tempo

A curto prazo, algumas ações já estão em vigor para reconfigurar os interiores dos escritórios existentes. Medidas como a densificação de espaços de plano aberto, restringindo áreas comuns, zoneamento visual, orientação, divisórias e turnos de trabalho divididos são exemplos relativamente rápidos e fáceis de implementar.

  1. Olá vídeo, adeus viagem

Ao redirecionar o espaço do escritório, o foco será a integração das chamadas de vídeo aos padrões de trabalho diários. As empresas provavelmente gastarão menos em viagens de negócios e investirão mais em tecnologia digital. As salas de reuniões serão modificadas e uma boa acústica pode se tornar essencial.

commute

  1. Bem-estar psicológico e físico

Os funcionários vão querer se sentir confiantes de que estão trabalhando em um ambiente seguro. Tudo, desde serviços de higienização e limpeza até a qualidade do ar, precisará ser reavaliado. Certificações, como WELL, podem se tornar cada vez mais importantes.

  1. Mudança acelerada para o home office

Algumas previsões sugerem que até um quarto dos funcionários continuarão a trabalhar em casa (Work From Home – WFH) de alguma forma. Nesse caso, isso irá liberar o espaço necessário para reduzir a densidade e levantar novas questões sobre a otimização de ambientes de escritórios domésticos. Olhando para o futuro, muitas empresas podem explorar seus imóveis e a maneira como eles são utilizados.

working from home

  1. Redefinir o propósito do escritório

Uma crescente cultura de home office coloca em questionamento o papel dos escritórios e o impacto na cultura corporativa. Eles podem se tornar cada vez mais locais destinados à interação, comunidade e colaboração. Para realização de eventos, aprendizagem e atividades em equipe. Sendo assim, o RH pode se tornar cada vez mais influente na tomada de decisões sobre os imóveis para escritórios. Ao mesmo tempo, o novo design pode contribuir com os valores corporativos associados à sustentabilidade e ao bem-estar.

  1. Impactos econômicos

Tudo o que foi dito acima provavelmente terá um cenário de corte de custos e receios – à medida em que as economias deslizam com a incerteza sobre a velocidade de recuperação. No curto prazo, podemos esperar ciclos de renovação mais longos, mudanças engavetadas, locações estendidas e orçamentos reduzidos.

  1. Mudança de escritório

No médio prazo, algumas empresas provavelmente considerarão a mudança de seus escritórios caros nas regiões centrais das cidades, acessíveis por transporte público e elevadores. Conforme os aluguéis são renovados, poderemos ver uma mudança em direção a locais menores e não centrais.

highrise buildings

  1. Flexibilidade corporativa

Ao mesmo tempo, as empresas podem valorizar mais flexibilidade em decisões. Opções como escritórios pré-configurados e alternativas adaptáveis podem se tornar mais atraentes à medida em que as empresas se sentem relutantes ou incapazes de se comprometer com projetos de grande investimento.

  1. Investir agora para se preparar para o amanhã

Embora, no curto prazo, as empresas estejam atuando reativamente à atual pandemia, com o tempo, muitas podem procurar investir na atualização de seus escritórios para o futuro, para minimizar repetidas interrupções nos negócios. Da mesma forma, à medida em que novos projetos adotam essa filosofia de design emergente, podemos ver uma ênfase mais ampla na sustentabilidade ambiental e no bem-estar.

office spaces

  1. Não são os suspeitos de sempre

A pandemia claramente acelerou as tendências de digitalização e serviços online. Ao mesmo tempo, algumas áreas de varejo e hospitalidade podem nunca mais conseguir se recuperar totalmente. A contração geral, resiliência e expansão de diferentes segmentos podem remodelar permanentemente o perfil dos usuários de escritório. Aqueles que requerem depósitos de distribuição e centros de dados provavelmente liderarão o mercado.

Em conclusão, precisaremos equilibrar os impactos de adaptação à ruptura global com a oportunidade inesperada de imaginar uma vida de escritório nova e melhor. Como ambientalista e futurista, Ed Gillespie observou recentemente:

“O papel de um futurista não é prever o futuro que poderemos ter, mas esticar a imaginação da possibilidade em direção ao futuro de que realmente precisamos.”

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Choque de Cores e Mix de Influências: Tendências de Design de Clerkenwell a NeoCon

20 julho, 2018

As tendências de design de 2018 foram vistas na Semana de Design de Clerkenwell em Londres e a NeoCon em Chicago apresentou uma mistura moderna de força e suavidade. De cores e padrões a materiais e uso, as exposições reiteraram as contradições que observamos e refletem o equilíbrio entre alta vs. baixa tecnologia da sociedade.…